Decoração provençal: Dicas para quem quer decorar a casa nesse estilo!


Você conhece as principais características da decoração provençal?

Apesar de que, dia após dia, surgem novas formas e tendências de design de interiores, os estilos e práticas de épocas antigas continuam a interferir nas formas de decoração contemporânea, permitindo que muitas das características de épocas passadas sejam renovadas ou continuadas. Um exemplo disso é a decoração provençal, originada há mais 500 anos, em Provença, região da França e que, até os dias de hoje, continua sendo utilizada em diversas residências, como opção rústica e, ao mesmo tempo, sofisticada.

Origem do estilo

Alguns historiadores acreditam que esse tipo de decoração tenha sua origem na região sudeste da França, em Provença, a partir do século XVI, marcada por grandes e belas obras arquitetônicas para a construção de reinos.

Segundo esses especialistas, muitos camponeses passaram a construir seus próprios móveis inspirados nessas arquiteturas. Como esses indivíduos não possuíam condições de obter matéria prima idêntica às utilizadas nos palácios da nobreza, toda a fabricação desses materiais era feita de forma artesanal.

Com o passar do tempo, esse tipo de trabalho artesanal passou a inspirar as decorações de diversos tipos de projetos arquitetônicos e tem se tornado, cada vez mais, uma opção atual para quem deseja decorar o lar com um toque de requinte e tradição.

Como é a decoração provençal atual?

A decoração provençal consiste nas técnicas de customização do ambiente que utiliza móveis antigos, com textura rústica, formas curvas, tons pastéis ou extremamente sóbrios, além da combinação de objetos com aparência mais envelhecida.

Além dos móveis, esse tipo de decoração pode contar a escolha de papéis de parede ou pinturas que contribuam para o clima retrô. As escolhas de tons pastéis e estampas delicadas também ajudam a deixar o ambiente mais leve, capaz de lembrar os campos de lavanda, comuns à realidade dos camponeses.

Outro aspecto fundamental para uma ambientação provençal é a escolha ideal do piso. Nos tempos mais antigos, era comum que as casas dos camponeses fossem feitas de pedras ou madeiras elaboradas. Por isso, vale a pena apostar em um piso com aspeto rústico.

Nesse tipo de decoração cada pormenor faz diferença, os móveis com detalhes em dourado ou cobre, os tecidos em renda ou algo que se assemelhe a algo manufaturado e a utilização de cortinas e tapetes sem estampas ou detalhes modernos são exemplos detalhes que ajudam a trazer o clima retrô ao ambiente.

 

 

Fonte: http://decorandotudo.org