Pisos Laminados Rústicos


Pisos Laminados Rústicos

O piso laminado é conhecido por transpassar semelhança de madeira maciça, porém, nas novas coleções de 2019 surgiram muitas opções que tem extrema aparência, tanto pelas ranhuras, texturas, veios e tonalidades, assim, trouxemos modelos que são irresistíveis para os amantes de piso amadeirado:

 

 
Durafloor Street Cor Moscou

A cor moscou da Durafloor Street é um dos lançamentos da coleção de 2019. Ela é uma das opções mais rústicas da linha, trazendo as tonalidades mais acinzentadas e remetendo a madeira maciça antiga e desbotada.


Eucafloor New Elegance cor Canyon Black Oak

A cor Canyon Black Oak da Eucafloor é uma das opções rústicas da Eucafloor na linha New Elegance, ela traz veios bem marcados com tonalidades de cor terra, passando do mais claro ao mais escuro.

Quick-step Impressive Cor Carvalho Marrom Acinzentado

Toda a linha Impressive da Quick-step traz opções rústicas, mas a tonalidade Carvalho Marrom Acinzentado traz consigo as demarcações dos chanfros de forma bem visível, também tem impresso formatos variados de veios. E para finalizar, a textura remete a troncos de madeira, percebidos quando é olhado contra a luz.

Eucafloor New Elegance cor Nogueira Rústico

A Eucafloor também traz na linha New Elegance a opção do Nogueira Rústico que traz a ideia de impressão do desenho da arvore no piso, com muitas demarcações de veios e machas. As tonalidades que predominam são em tons terrosos.


Quick-Step Impressive Cor Pinus Natural

Apesar de sua tonalidade ser mais clara, as ranhuras são impressas nas réguas, e  o veio parece ser feito a mão, de tão real. Este modelo traz também os chanfros demarcado, porém de forma mais delicada.

Todas essas opções você encontra no show-room da Pisos Paraná! Confira!

Espaço Gourmet em casa


Tem a cozinha do dia a dia – e tem a cozinha gourmet! O novo ambiente surgiu há alguns anos e virou sonho de consumo de muita gente. Vários novos empreendimentos imobiliários já contam com o ambiente, na varanda, cobertura ou dentro de casa mesmo. Afinal, é muito gostoso bancar o chef e convidar os amigos para um jantar descontraído em volta do fogão ou churrasqueira. Ali, o céu é o limite: vale investir em equipamentos de última geração, móveis e acessórios de design e revestimentos sofisticados. Confira alguns exemplos

c01
A varanda gourmet do apartamento de 32 m² é o local preferido do casal de moradores. Toda a marcenaria, que inclui os painéis, o gabinete, a bancada e a mesa, foi desenhada pela designer de interiores Cilene Monteiro Lupi. A churrasqueira fica protegida por vidros temperados para a fumaça não se espalhar

c02
A mesa de nogueira natural e o balcão, encaixados em uma só peça, são o centro da cozinha gourmet. Antes da reforma, o local era quarto e banheiro de serviço. Desenho da Segatto, com acompanhamento da designer de interiores Patrícia Hildebrando

c03
A casa dos anos 50 em Itaipava, região serrana do Rio de Janeiro, recebeu uma grande reforma comandada pela arquiteta Patricia Caravalho. Ela incluiu a cozinha gourmet aberta para o living. A área possui a bancada produzida com a madeira aproveitada dos caibros

c04
A ideia da arquiteta Lucilene Leitte, do escritório Architettar, foi deixar a área gourmet parecida com um iate – pedido dos moradores. O branco predomina na varanda, com coifa e grill. O toque de cor fica por conta dos azulejos estampados. Tampo da bancada e do gabinete é de madeira de demolição

c05
Quatro arquitetos trabalharam na transformação de uma casa dos anos 60, no Rio de Janeiro: Cynthia Issa, Rogério Cruz, Silvia Cavalcanti e Flavia Torres. Na cozinha gourmet, um dos pilotis é envolvido pela bancada do ambiente. Detalhes em vermelho quebram o predomínio do cinza e da madeira

Fonte: Revistacasaejardim.globo.com

Que revestimento aplicar sobre o piso de madeira da cozinha?


Em primeiro lugar, avalie se a ideia vale a pena. Para instalar um novo material sobre tábuas ou tacos, eles devem estar bem fixos, calafetados e com a superfície lisa, ou seja, semi-restaurados. “Nessas condições, a madeira pode ser recuperada apenas com raspagem e aplicação de verniz, ou ainda mudar de aspecto com pátina e pinturas especiais”, pondera o arquiteto Gilberto Belleza, de São Paulo. Essas medidas evitam duas grandes desvantagens da sobreposição de um novo revestimento: o desnivelamento da cozinha em relação aos outros ambientes da casa, que pode chegar a 2 cm, e o corte de batentes e esquadrias. Se, mesmo assim, você se decidir pela reforma, Gilberto sugere a colocação de um piso laminado (Formica e Durafloor fabricam produtos assim). Esses modelos têm instalação simples: sobre o piso antigo, dispõe-se uma manta de isolamento acústico e, em seguida, o novo revestimento. Outra opção é passar uma argamassa especial e aplicar o material desejado (cerâmica, porcelanato) com cola própria, trabalho que deve ficar a cargo de mão-de-obra especializada. Na limpeza diária, utilize apenas pano úmido para evitar infiltrações.

Fonte: Casa.abril.com.br