Dicas para integrar ambientes


Dicas para integrar ambientes

 Vamos dar algumas dicas aqui de como você pode ampliar, flexibilizar e integrar o seu espaço. Integração de quarto e banheiro, unificados por um único piso.

*Crie unidade com o piso

Quando falamos de unidade, integração e amplitude, o piso se torna um dos fatores determinantes. Para conseguirmos tudo isso, é importante que o piso seja um só pelo maior número de cômodos possível. Por exemplo Pisos laminados resistentes à água ou vinílicos podem ser usados em cozinhas, salas, quartos, mas parando na varanda.

 

*Cores também servem para ligar espaços

Para quem tem apartamentos pequenos, a sugestão é usar cores monocromáticas em paredes, cortinas, portas e alguns revestimentos. A regra que vale para o piso é a mesma que vale para a parede: menos elementos criam menos barreiras visuais e isso amplia o espaço. Para o local não ficar sem graça é necessário coloca cor em quadrinhos, plantas, almofadas, livros e demais objetos soltos. Isso também é legal, pois, quando existem cores muito fortes nas paredes, você enjoa mais rápido. E, acredite, pintar o teto da mesma cor das paredes traz mais unidade.

*Integração também é para casas grandes

Engana-se quem pensa que espaços integrados servem somente para ampliar apartamentos pequenos. Este tipo de disposição permite mais interação e funcionalidade aos espaços e pessoas da casa. Com isso É muito interessante quando se juntam amigos e familiares na área da cozinha, por exemplo, e fica mais agradável ainda quando este espaço está se relacionando com a sala de estar, jantar ou home.

Solicite um orçamento agora mesmo!

Qual o piso certo para cada ambiente.


Qual o piso certo para cada ambiente.

A escolha dos pisos de uma casa é um momento de bastante desconcentração, no entanto, a seriedade também deve estar presente, pois a escolha de um material errado pode resultar em problemas no futuro.

Para evitar que isso ocorra em sua residência, a Pisos Paraná separou algumas dicas para que você descubra como escolher o melhor tipo de piso para os cômodos da sua casa.

 

1. Escolha materiais com durabilidade

Ao escolher um piso para a sua casa, não leve em conta somente a beleza, mas também a durabilidade do material. Um bom piso é aquele que dura muito tempo, resiste às adversidades e consegue trazer segurança e conforto para a sua família.

 

2. Compre o material certo para cada ambiente

Cada modelo precisa ser adequado à usabilidade do cômodo.

A adequação também se refere a outros detalhes importantes como o tamanho do cômodo e a luminosidade em seu interior. Ou seja: um quarto pequeno e escuro necessita de um tipo de piso diferente de um quarto grande.

 

3. Prefira materiais fáceis de limpar

A funcionalidade do cômodo é outro fator que você precisa analisar ao escolher o melhor piso para a sua casa. Isso é muito importante, uma vez que cada espaço terá uma manutenção diferente.

 

4. Preze por pisos seguros

Quando você escolhe o piso certo, ele traz tranquilidade para a sua família. Não leve em consideração o preço do material, mas sim a sua segurança, afinal, é melhor investir em um modelo contra riscos e resistente do que em um bonito e que pode oferecer riscos, não é mesmo?

 

Mas qual é o piso ideal para cada cômodo da casa? Veja algumas opções:

 

Cozinha

Sem dúvidas, a cozinha é um dos espaços da casa mais movimentado. Devido a esse fator, é fundamental investir em pisos resistentes para garantir a segurança de toda a família.

Na cozinha, opte por pisos vinílicos ou laminados resistentes a água. Eles são lindos, seguros, têm fácil instalação e ótimos preços. Evite colocar pisos de cerâmica, pois provocam acidentes.

 

Salas e quartos

Os quartos e salas da nossa casa também merecem um piso elegante e seguro. Para esses ambientes, escolha modelos mais quentes e aconchegantes, como os laminados. Eles têm três características importantes que vale o investimento:

Têm semelhança com vários tons de madeira;

Não apodrecem;

Não é necessário impermeabilizar.

 

Gostou das dicas? Solicite um orçamento com a Pisos Paraná agora mesmo!

Modelos De Escada e Suas Vantagens


Modelos De Escada e Suas Vantagens

O principal fator que diferencia os modelos de escadas é o formato. Ele varia de acordo com a quantidade e direção dos lances, bem como a disposição dos degraus.

 

1. ESCADA RETA

É aquela tradicional, compacta e comprida. Pode ter um ou mais lances (com patamares intermediários entre eles), mas não muda de direção, ou seja, não faz curvas nem viradas.

Sua principal vantagem está na simplicidade que facilita a construção.

 

2. ESCADA EM L

Segue o formato da letra “L” ao mudar de direção para algum lado, formando, assim, um ângulo de 90°. Essa transição pode ser feita a partir da adição de um patamar no trecho em que ocorre o desvio ou pode acontecer gradualmente (utilizando degraus triangulares).

 

3. ESCADA EM U

Tem dois lances ligados por um grande patamar e que seguem direções opostas, compondo o desenho em “U”. Também pode receber um terceiro lance no centro, dividindo o patamar em duas partes para fazer a mudança de direção.

 

4. ESCADA CARACOL

Escada em caracol, também conhecida como helicoidal

Muitos profissionais conhecem como helicoidal, mas o nome popular também é aceito por se tratar de um modelo que lembra a concha do caracol.

O que diferencia essa escada das demais é sua estrutura central, composta por um eixo de onde “brotam” todos os degraus.

É uma opção interessante para ambientes compactos porque ocupa pouco espaço.

 

5. ESCADA CIRCULAR

Também tem curvas, mas não segue um eixo central como a helicoidal (caracol). Na circular, os lances e seus degraus mudam de direção de maneira aleatória, compondo caminhos sinuosos de modo suave — ideal para projetos com linhas orgânicas.

 

Outra opção que não tem a ver com o formato e sim com a fixação dos pisos e patamares é a escada suspensa. Ela esconde os pontos de apoio e ganha charme com degraus flutuantes, que podem receber diferentes cores.

 

Materiais indicados para a estrutura e acabamento

ESTRUTURA

A definição do sistema estrutural vai depender do cálculo — que considera diferentes cargas e esforços internos — e também da tipologia da escada: armada transversal ou longitudinalmente, com mais ou menos patamares, lajes em balanço, ortogonais ou adjacentes, entre outros detalhes.

Na maioria dos casos, os materiais preferidos para formar a estrutura de escadas são aço, madeira e concreto armado. Também é comum a mistura desses componentes em projetos mais contemporâneos.

 

ACABAMENTO

Os revestimentos aplicados nos patamares, bases/pisos e espelhos dos degraus têm influência no estilo da escada e podem ser trabalhados para gerar efeitos específicos.

Nessas superfícies, você tem a possibilidade de incluir os seguintes materiais:

  • Piso Laminado
  • Madeira
  • Vinílico

 

Os revestimentos aplicados nos degraus têm influência no estilo da escada

 

Solicite seu orçamento de Escada com a Pisos Paraná agora mesmo!

Diferença Laminado e Vinílico


Diferença Laminado e Vinílico

Quer transformar a casa sem perder tempo, pode usar dois tipos de pisos: laminados ou vinílico. A colocação é rápida, são fáceis de limpar, e podem ser sobrepostos sobre outros pisos. Como escolher o revestimento ideal? A Pisos Paraná ajuda a escolher o piso ideal!

O piso vinílico é feito com cloreto de vinila, ou PVC. O material vem em placas, réguas ou mantas.

Já o laminado é composto por camadas de materiais derivados da madeira, como aglomerado e painel de madeira de alta densidade. A camada superior recebe uma estampa decorativa, impregnada com resina. O revestimento vem em réguas; pode ser instalado por encaixe ou cola sem cheiro.

 

Vantagens

O piso vinílico abafa ruídos de passos e ajuda a conservar a temperatura dos ambientes. Quase não mancha, e é antialérgico, há diversas opções de estampas.

O laminado é muito fácil de instalar, porque o contrapiso não precisa estar tão nivelado quanto no caso do vinílico e pode ser desmontado. Sua durabilidade é alta, varia de 10 a 20 anos dependendo da manutenção.

 

Pontos fracos

O vinílico risca se a abrasão for grande, também se desbota com o sol. O piso suporta água, mas não pode ser submerso. É bom evitá-lo em áreas externas e cômodos inundáveis, para esses ambientes temos revestimentos que se adequam melhor, como Laminado resistente á água.

Já o laminado propaga sons facilmente. Dica: instale feltro nos pés dos móveis, assim não terá problemas de riscar o piso.

 

 

Instalação

O vinílico funciona bem se estiver com um contrapiso seco, limpo e muito bem nivelado. A melhor maneira é aplicar uma massa niveladora, composta por cola e cimento, com essa mistura é possível aplicar o piso sobre superfícies não tão lisas, como cerâmica ou pedras polidas. Após, esse processo é colar ou encaixar o revestimento e esperar secar. Dica: nunca instale o vinílico sobre materiais que podem apodrecer, como madeira e laminado. Contrate um instalador experiente, capaz de avaliar o contrapiso e indicar correções.

O laminado recebe o mesmo processo, precisa de um contrapiso seco, limpo e nivelado, mas aceita variações de até 3 mm a cada 1,5 m de extensão. Por isso, pode cobrir pedra, concreto e cerâmica, desde que a superfície receba uma manta regularizadora, feita dos plásticos polietileno ou poliuretano. O produto pode ser instalado com cola ou com sistema de encaixe. É preciso deixar um espaço de dilatação entre as bordas do piso e a parede. E também vale à pena contratar um instalador, que pode avaliar o contrapiso.

 

Limpeza

O piso vinílico resiste a proliferação de bactérias. No dia a dia, e só varrer com uma vassoura de pelo ou passar um rodo com pano umedecido. Se quiser uma limpeza mais profunda, use tecido com água e sabão neutro.

Limpe o laminado com aspirador de pó ou vassoura de cerdas suaves – mas cuidado para não raspar a superfície. Depois passe um pano úmido com sabão neutro (torcer bem). Manchas exigem detergente e álcool. Tinta, verniz e graxa saem com querosene, tíner ou aguarrás.

 

Em qual ambientes instalá-los?

O piso vinílico funciona bem em áreas internas que não recebam sol intenso. Ótimas opções é instalar em quartos, devido a facilidade de limpeza e ambientes que precisem de mais conforto térmico. Esse piso é ideal quando se quer reformar rapidamente um ambiente ou deseja um revestimento fácil de limpar e instalar.

O laminado deixa o ambiente com mais sofisticação, vai bem em áreas com uma temperatura agradável.

 

Qual deles resiste mais a água?

O vinílico por mais que seja em Pvc não é indicado colocar em áreas úmidas e não pode molhá-lo.

O laminado padrão não pode entrar em contato com água, mas os Laminados da Quick Step já contêm resistência a água e a umidade sendo possível utilizar em banheiros, cozinha e lavanderia.

Pisos Laminados Rústicos


Pisos Laminados Rústicos

O piso laminado é conhecido por transpassar semelhança de madeira maciça, porém, nas novas coleções de 2019 surgiram muitas opções que tem extrema aparência, tanto pelas ranhuras, texturas, veios e tonalidades, assim, trouxemos modelos que são irresistíveis para os amantes de piso amadeirado:

 

 
Durafloor Street Cor Moscou

A cor moscou da Durafloor Street é um dos lançamentos da coleção de 2019. Ela é uma das opções mais rústicas da linha, trazendo as tonalidades mais acinzentadas e remetendo a madeira maciça antiga e desbotada.


Eucafloor New Elegance cor Canyon Black Oak

A cor Canyon Black Oak da Eucafloor é uma das opções rústicas da Eucafloor na linha New Elegance, ela traz veios bem marcados com tonalidades de cor terra, passando do mais claro ao mais escuro.

Quick-step Impressive Cor Carvalho Marrom Acinzentado

Toda a linha Impressive da Quick-step traz opções rústicas, mas a tonalidade Carvalho Marrom Acinzentado traz consigo as demarcações dos chanfros de forma bem visível, também tem impresso formatos variados de veios. E para finalizar, a textura remete a troncos de madeira, percebidos quando é olhado contra a luz.

Eucafloor New Elegance cor Nogueira Rústico

A Eucafloor também traz na linha New Elegance a opção do Nogueira Rústico que traz a ideia de impressão do desenho da arvore no piso, com muitas demarcações de veios e machas. As tonalidades que predominam são em tons terrosos.


Quick-Step Impressive Cor Pinus Natural

Apesar de sua tonalidade ser mais clara, as ranhuras são impressas nas réguas, e  o veio parece ser feito a mão, de tão real. Este modelo traz também os chanfros demarcado, porém de forma mais delicada.

Todas essas opções você encontra no show-room da Pisos Paraná! Confira!

Pisos que Reproduzem Madeira


Pisos que reproduzem madeira

Pisos de madeira são encantadores, pois deixam o ambiente confortável, bonito e charmoso.

Com isso, a Pisos Paraná separou algumas opções que podem ser utilizadas.

Piso Vinílico

Também conhecido como piso de PVC, o piso vinílico é fabricado a partir de matérias-primas derivadas do petróleo (eteno) — elementos do PVC —, resinas vinílicas e minerais. O resultado são pisos muito variados, resistentes e levemente flexíveis, que podem ser encontrados em formato de placas, réguas e mantas.

Existem também várias texturas, padrões e cores, incluindo desenhos que imitam tábuas de madeira, pedras, mármore e concreto, por exemplo. A versatilidade permite combinações com todos os estilos, podendo facilitar as escolhas para qualquer ambiente interno.

Entre as vantagens do piso, estão a facilidade de limpeza e propriedades acústicas e térmicas. O piso possui alguns tipos ideias para cozinhas e banheiros, outros indicados até para paredes.

 

 

Piso Laminado

Ele é formado por quatro camadas de materiais derivados de madeira. A camada superior é a que confere o acabamento e a proteção, logo abaixo está o laminado decorativo, o compensado de alta densidade (substrato, como MDF e PVC) e, por fim, o balanço, que estabiliza todo o conjunto criando uma resistência.

O resultado é um piso que não desgasta com facilidade, mais resistente e duradouro que a própria madeira. A instalação é prática e simples, o piso já pode ser usado um dia após a aplicação (cola) ou no mesmo dia (click) e exige cuidados fáceis para o cuidado diário. A limpeza pode ser feita apenas com uma vassoura e, posteriormente, com um pano úmido.

 

Gostou das nossas dicas? Solicite um orçamento agora mesmo!

 

 

 

Tendências de decoração que estarão na sua casa em 2019


Confira essa lista!

Read more…

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Dicas para deixar a sala de jantar linda e agradável para confraternizar


A sala de jantar costumava ser sinônimo de seriedade, requinte e status.

Read more…

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Entenda como escolher o melhor revestimento para seu ambiente


Revestimentos são uma ótima opção de acabamento para decorar ambientes internos e externos. Separamos dicas para te ajudar a fazer a melhor escolha.

Read more…

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Como renovar a casa para as festas de fim de ano?


Aa arquitetas Priscila Gouveira e Marília Villar dão dicas de como fazer mudanças de  forma simples e sem gastar muito.

Read more…

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,