Qual o piso ideal para escritório?


Qual o piso ideal para escritório?

É recomendável avaliar alguns critérios antes de fazer a escolha definitiva.

Apesar de o preço ser um diferencial a considerar, há outros pontos que, certamente, influem (e podem até pesar mais) no momento da decisão e da concretização do negócio.

 

1. Considere a facilidade de limpeza

Esse é um critério importante para você levar em conta antes de comprar o piso. Lembre-se de que o escritório é o local de seu trabalho e, caso dispenda muito tempo na execução da limpeza, isso significa perda de produtividade.

Pisos laminados costumam ser fáceis de limpar. Depois de rápida limpeza, o chão apresenta a aparência de novo.

 

2. Leve a qualidade e a durabilidade em conta

É fundamental analisar a qualidade e a durabilidade do piso para escritório. Afinal de contas, de nada adianta comprar um piso frágil ou de má qualidade, que não resiste ao trânsito diário dos usuários. Se ele se quebra ou sofre danos com facilidade, isso significa que você terá que fazer reparos frequentemente, o que não é econômico e nem vai favorecer o design do ambiente.

O importante é que o material suporte o tráfego das pessoas durante o dia. Com isso os usuários também precisam seguir algumas práticas a fim de conservá-los por muito mais tempo. O piso laminado tem durabilidade longa e manutenção mais simples que outros tipos.

 

3. Escolha o visual do piso para escritório

Outro ponto a considerar é o design — como o piso poderá servir, não somente na forma de elemento funcional para suportar a carga física do escritório, mas também como um fator para tornar o ambiente mais elegante e bonito, esteticamente agradável.

A estética é um importante item a considerar na captação de clientes. A beleza do ambiente ainda é um importante critério que os consumidores costumam avaliar quando vão escolher um profissional.

 

4. Verifique a facilidade de instalar

Para quem deseja começar seu trabalho logo e não quer dispender tempo com instalações demoradas, vale a pena escolher um piso para escritório que possa ser instalado com facilidade, sem consumir muito tempo e nem fazer muita sujeira. Uma opção é o sistema click.

O vinílico, por exemplo, oferece rápida instalação, longa durabilidade e é bastante seguro, considerando que é antiderrapante. O laminado, também oferece segurança quando é antiderrapante.

 

Gostou das dicas? Solicite um orçamento com a Pisos Paraná agora mesmo!

Modelos De Escada e Suas Vantagens


Modelos De Escada e Suas Vantagens

O principal fator que diferencia os modelos de escadas é o formato. Ele varia de acordo com a quantidade e direção dos lances, bem como a disposição dos degraus.

 

1. ESCADA RETA

É aquela tradicional, compacta e comprida. Pode ter um ou mais lances (com patamares intermediários entre eles), mas não muda de direção, ou seja, não faz curvas nem viradas.

Sua principal vantagem está na simplicidade que facilita a construção.

 

2. ESCADA EM L

Segue o formato da letra “L” ao mudar de direção para algum lado, formando, assim, um ângulo de 90°. Essa transição pode ser feita a partir da adição de um patamar no trecho em que ocorre o desvio ou pode acontecer gradualmente (utilizando degraus triangulares).

 

3. ESCADA EM U

Tem dois lances ligados por um grande patamar e que seguem direções opostas, compondo o desenho em “U”. Também pode receber um terceiro lance no centro, dividindo o patamar em duas partes para fazer a mudança de direção.

 

4. ESCADA CARACOL

Escada em caracol, também conhecida como helicoidal

Muitos profissionais conhecem como helicoidal, mas o nome popular também é aceito por se tratar de um modelo que lembra a concha do caracol.

O que diferencia essa escada das demais é sua estrutura central, composta por um eixo de onde “brotam” todos os degraus.

É uma opção interessante para ambientes compactos porque ocupa pouco espaço.

 

5. ESCADA CIRCULAR

Também tem curvas, mas não segue um eixo central como a helicoidal (caracol). Na circular, os lances e seus degraus mudam de direção de maneira aleatória, compondo caminhos sinuosos de modo suave — ideal para projetos com linhas orgânicas.

 

Outra opção que não tem a ver com o formato e sim com a fixação dos pisos e patamares é a escada suspensa. Ela esconde os pontos de apoio e ganha charme com degraus flutuantes, que podem receber diferentes cores.

 

Materiais indicados para a estrutura e acabamento

ESTRUTURA

A definição do sistema estrutural vai depender do cálculo — que considera diferentes cargas e esforços internos — e também da tipologia da escada: armada transversal ou longitudinalmente, com mais ou menos patamares, lajes em balanço, ortogonais ou adjacentes, entre outros detalhes.

Na maioria dos casos, os materiais preferidos para formar a estrutura de escadas são aço, madeira e concreto armado. Também é comum a mistura desses componentes em projetos mais contemporâneos.

 

ACABAMENTO

Os revestimentos aplicados nos patamares, bases/pisos e espelhos dos degraus têm influência no estilo da escada e podem ser trabalhados para gerar efeitos específicos.

Nessas superfícies, você tem a possibilidade de incluir os seguintes materiais:

  • Piso Laminado
  • Madeira
  • Vinílico

 

Os revestimentos aplicados nos degraus têm influência no estilo da escada

 

Solicite seu orçamento de Escada com a Pisos Paraná agora mesmo!